Loading...

15 Monumentos que deve (re)visitar na zona norte, centro e sul de Portugal

 

Comece por Viana do Castelo, passe por Braga, Lamego, Vila Real e termine no Porto
De seguida siga da Batalha até Lisboa, passando pela Praia do Ribatejo, Sintra e Belém e por fim, passe por Évora em direção a Sagres, parando em Mértola e Beja. É nestas localidades que se distribuem os 15 monumentos que tem mesmo de (voltar a) visitar! Preparado? Comecemos então pelo Norte…

5 monumentos a não perder

De Viana do Castelo ao Porto, passando por Braga, Lamego e Vila Real, há (pelo menos) 5 monumentos que tem mesmo de visitar!

  1. Basílica de Santa Luzia

Erguida no alto do Monte de Santa Luzia entre 1903/1943, a Basílica enfeita a chamada “Princesa do Lima”, também conhecida por Viana do Castelo. Além da bucólica vista panorâmica, o monumento permite-lhe observar uma arquitetura neorromânica e bizantina. À entrada, a estátua de bronze do Coração de Jesus que data de 1898 dá-lhe as boas vindas e lá em cima, o carrilhão composto por 26 sinos, também é capaz de querer anunciar a sua chegada!

Horário: 8.00h às 19.00h/17.00h (verão/inverno).

  1. Bom Jesus de Braga

O Bom Jesus de Braga ou do Monte, como o nome indica, situa-se no cimo de um monte desde 1857 e é outro dos monumentos a visitar no norte de Portugal.

O espaço alberga uma Igreja e capelas, mas também uma área de mata, hotéis e restaurantes. Para lá chegar pode apanhar boleia do funicular mais antigo do mundo ou optar pelo escadório que representa a Via Sacra e que sobe até à igreja. Trata-se de uma escadaria adornada com fontes e estátuas barrocas e envolvida pela vegetação centenária. É de experimentar!

Horário: 8.00h às 19.00h/18.00h (verão/inverno).

  1. Santuário de Nossa Senhora dos Remédios

O Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, em Lamego, situa-se no topo do Monte de Santo Estêvão e para lá chegar pode usar um transporte privado ou público ou a gigantesca escadaria de 686 degraus que liga o centro da cidade ao Santuário. Conforme sobe, encontra diversos patamares com obras de arte: esculturas, fontes, obeliscos, painéis de azulejos, etc. Chegado ao Santuário, inaugurado em 1905, pode deliciar-se com a vista soberba sobre Lamego e, ao mesmo tempo, apreciar os traços do estilo barroco e rococó do monumento em pedra de granito.

Horário: 7.30h às 20.00h/18.00h (verão/inverno).

  1. Palácio de Mateus

O Palácio de Mateus, Monumento Nacional desde 1911, situa-se a três quilómetros de Vila Real. O solar foi construído no século XVIII e é composto pela casa principal, jardins, capela e adega. É precisamente pela adega que pode começar a sua visita guiada que o levará, por exemplo, até à biblioteca onde se destaca a célebre edição ilustrada dos Lusíadas, editada em 1816. Depois demore-se pelos jardins delineados com bucho verdejante e canteiros florais e passe pelo túnel de cedros cobre a escadaria nascente em frente à qual existe um esplendoroso lago. E vai perceber por que é que este palácio está na lista de monumentos a visitar no norte de Portugal.

Horário: 9.00h às 19.30h/18.00h (verão/inverno).

  1. Torre dos Clérigos

Classificado como Monumento Nacional desde 1910, o conjunto arquitetónico dos Clérigos, edificado no século XVIII, é um dos principais pontos de interesse do Porto e um dos monumentos a visitar no norte de Portugal. É de inspiração barroca e foi erguido numa rua desnivelada, muito bem aproveitada por Nicolau Nasoni de forma a conseguir criar um edifício singular. A Igreja foi a primeira em Portugal com planta em forma de elipse e possui uma galeria que circunda toda a nave. Conta também com uma ampla capela-mor com altar de mármore e retábulo de inspiração rococó e dois órgãos de tubos ibéricos (à portuguesa). A torre sineira a mais de 75 metros de altura é um dos mais belos exemplares do período barroco. Porém, para chegar ao topo terá de subir 225 degraus, mas a vista de a 360° compensa… e muito!

Horário: 9.00h às 19.00h.

Texto: Sofia Santos
Imagem: Unsplash | Yann Maignan

Artigos recentes