Loading...

Cão ou gato: qual o animal ideal para si?


Gostava de ter um animal de companhia? Já sabe que será um cão ou gato, mas ainda não decidiu qual? As vizinhas dizem maravilhas dos gatos, os amigos enaltecem as características dos cães e vocês está cada vez mais indeciso? Pois bem, neste seu processo de envelhecimento ativo tem a relação de amizade garantida com ambas as espécies, mas nada como ler estes 5 tópicos antes de tomar a decisão final!

    1. Cão ou gato? Espaço disponível para o animal

Se tem espaço para o animal correr, opte por um cão, mas se vive num apartamento pequeno, escolha o gato porque o gato pode ficar feliz em espaços reduzidos, enquanto que o cão fica stressado. Além disso, regra geral os gatos ocupam menos espaço que os cães, particularmente cães de médio e grande porte.

  1. Cão ou gato? Tempo disponível para o animal

Se não tem um espaço grande para o animal, mas também não tem paciência e/ou tempo disponível para o levar à rua várias vezes ao dia, prefira um gato. Como sabe, os gatos não precisam de sair de casa para passear nem para fazer as suas necessidades, já para não dizer que nem sequer admitem coleiras e trelas! Eles fazem as suas necessidades numa caixa com areia sanitária, sempre. Além disso, são independentes e precisam de poucos de cuidados e atenção, enquanto que os cães exigem treino, supervisão e mimos constantes. Ainda assim, se tem tempo disponível para um animal e vontade de fazer passeios regulares, não hesite em escolher um cão. Aqui a grande benesse para um envelhecimento ativo é que um cão o vai obrigar a sair de casa mais vezes e a fazer algum exercício físico, mesmo que involuntariamente!

Conheça também os 10 benefícios para a saúde em ter um animal de estimação.

  1. Cão ou gato? Afeto e companheirismo por parte do animal

Sim, os gatos até podem ser afetuosos e esfregarem-se no dono a pedir mimos, mas não se pode esquecer que são, acima de tudo, independentes e por isso não conte com grande companheirismo neste seu envelhecimento ativo. Ao invés, os cães são muito carinhosos e muito sensíveis aos sentimentos dos donos, sempre prontos para os encherem de lambidas! Afinal, não é por acaso que se diz que o cão é o melhor amigo do homem. Se procura por um companheiro fiel e amistoso, escolha um cão.

  1. Cão ou gato? Higienização do animal

Os gatos não precisam de tomar banho com a mesma frequência que os cães, pois fazem a sua própria higienização (à base de lambidelas) com frequência e isso contribui para o facto de terem menos problemas de saúde. Mas se basta dar banho a um gato a cada 2 ou 3 meses, com um cão não é bem assim… É o dono que tem de zelar pela sua higiene e como estes animais são mais aventureiros e brincalhões, é natural que também se sujem com mais frequência e tenham de tomar banho mais vezes. Está preparado para isso? Ótimo, opte por cão! Mas se não está para tratar da higiene de outro ser durante o seu envelhecimento ativo, o gato é mais indicado.

  1. Cão ou gato? Verba disponível para o animal

Entre cão ou gato, o primeiro é o que dá menos despesas, a começar pela ração, pois o gato normalmente come menos que um cão e precisa de menos quantidades para ficar saciado. Os cães comem mais, comem com mais frequência… e comem por gula! De resto, ambos podem exigir custos idênticos com acessórios como camas e brinquedos, mas no que toca a despesas veterinárias e de licenciamento, ganham os cães que precisam de microchip e mais vacinas, entre outros tratamentos médicos.

Em suma, se passa a maior parte do dia fora de casa e/ou vive num apartamento, o gato é o melhor para si. Mas se está disponível para fazer um novo amigo e passear todos os dias, arranje um cão. Em todo o caso, ambos contribuirão para o seu envelhecimento ativo.

E já agora, não deixe de ler o nosso artigo sobre hotéis dog friendly em Portugal.

Texto: Sofia Santos

Imagem: Unsplash

Artigos recentes