Loading...

Os checkups médicos do futuro

O hospital Mount Sinai em Nova Yorque está a transformar os checkups médicos, através da nova clínica – a Lab100, pela monitorização permanente dos dados de saúde, segundo descreve a Fabernovel num artigo publicado no seu blogue.

 

O hospital Mount Sinai vai lançar uma nova clínica/laboratório de investigação, a Lab100, que visa transformar os checkups médicos, a monitorização dos dados de saúde e a forma como os cuidados são prestados.

Na Lab100, todos os dados recolhidos têm uma utilidade clínica: a própria fotografia que é tirada ao paciente, quando chega à clínica, permite aos investigadores recolher indicadores faciais e correlacioná-los, através de visão computacional, com outros dados recolhidos durante a visita.

A clínica possui 8 “estações”, reconfiguráveis para utilizações futuras, que medem, recolhem e contextualizam bio marcadores, incluindo cognição, equilíbrio, destreza, composição corporal e força. O checkup é feito com recurso ao scanner do corpo (criando um avatar em 3D), câmaras de elevada resolução e realidade virtual.

A experiência é completada por conteúdos em vídeo, que explicam que procedimentos são levados a cabo em cada “estação”, que dados são recolhidos e porque é que são relevantes para analisar o estado de saúde.

Todos os resultados são apresentados, em tempo real, num ecrã, para ser analisados com o médico, ficam, automaticamente, disponíveis quer para os pacientes quer para os médicos, através de uma aplicação e integram com o registo eletrónico de dados clínicos do Mount Sinai.

A Lab100 é uma forma de recolher uma quantidade massiva de dados relevantes para a investigação clínica, que permite também incentivar uma medicina preventiva e o desenvolvimento de novos produtos e serviços. Está ainda planeada a criação de outras novidades, como por exemplo, um kiosk self-service, integrado numa farmácia local, que permita realizar alguns destes exames.

Texto: Adaptado de Fabernovel
Imagem: Fabernovel | Lab100

Artigos recentes