Loading...

Como ocupar o tempo na reforma

Finalmente a reforma! É este o pensamento que deve ter quando sair do mercado de trabalho. Em vez de uma sensação de vazio, preencha o seu corpo e mente com atividades para as quais não tinha tempo e com a concretização de sonhos e projetos que vinha a adiar. Por um envelhecimento ativo e positivo, deve encarar a reforma como a lufada de ar fresco de que tanto precisava, até porque ideias para se ocupar de forma interessante, útil e divertida, não faltam! Aceite as nossas sugestões!

É natural que a reforma não seja encarada com alegria e otimismo. É possível que nos primeiros tempos uma sensação de inutilidade e derrota pessoal se instale, mas a vida não acabou. Pelo contrário! Estão a começar os seus anos dourados e há que aproveitá-los ao máximo! Repare que a partir de agora vai poder ocupar o seu tempo como bem entender, inclusive em atividades para as quais não tinha disponibilidade. Sim, já pode ler aqueles livros que vem a amontoar aí por casa, tratar dos canteiros do jardim, cuidar dos netos, tirar um curso de informática, passar mais tempo com os amigos, regressar às aulas de natação e até viajar! Conheça estas e outras sugestões para ocupar o tempo na reforma já de seguida!

Invista em passatempos

Veja pela positiva. Depois da reforma tem finalmente tempo livre e um passatempo é uma boa forma de ocupar esse tempo livre. Descubra um passatempo que lhe possa interessar ou redescubra um hobby mais antigo. Seja pintura, dança, artesanato, jardinagem, culinária, leitura… seguramente que haverá perto de si um local onde desenvolver essa atividade e manter-se entretido e ativo. É também uma boa forma de socializar com outras pessoas e de alargar os seus horizontes.

Leia

Possivelmente, durante a sua vida profissional não tinha muito tempo disponível para ler, não é verdade? Mas agora não há desculpa. Aproveite o tempo para ler e apreender coisas novas. Um livro pode ser um grande companheiro e beneficiar a sua saúde física e emocional, pois a leitura manterá a sua mente em atividade, recebendo estímulos constantes e até mesmo assimilando novos conhecimentos, contribuindo para evitar ou retardar o aparecimento ou a progressão de doenças neurológicas degenerativas, como o Alzheimer, por exemplo. Este é, sem dúvida, o exercício mental que mais o ajudará a envelhecer de forma ativa e positiva.

Passeie

Uma das formas mais fáceis, simples e animadas de ocupar o tempo na reforma, são os passeios pela natureza. Visite parques, faça caminhadas, planeie um piquenique, mas aproxime-se das coisas simples da vida e afaste-se da solidão! Se o tempo não ajudar, opte por outro género de passeios, nomeadamente visitas a locais de interesse cultural, patrimonial ou histórico, mas saia de casa!

Viaje

A reforma é a altura ideal para viajar e conhecer países que nunca teve oportunidade de visitar, por falta de tempo ou de dinheiro, ou mesmo conhecer locais em Portugal onde nunca esteve. Há muito a explorar de norte a sul!

Aprenda uma língua nova

E se está a pensar ocupar parte do seu tempo a viajar e sempre quis aprender a falar inglês, francês ou italiano, por exemplo, por que é que não se inscreve numa escola de línguas? A reforma é uma altura tão boa como outra qualquer para aprender línguas e essas lições vão promover um envelhecimento ativo e positivo.

Tire um curso

Mais do que aprender uma língua nova, gostava de aprofundar os seus conhecimentos em determinada área ou mesmo tirar um curso superior? Pois bem, existem inúmeras universidades seniores espalhadas pelo país e capazes de oferecer a pessoas reformadas uma série de opções a nível de cursos: da informática à arqueologia, passando por história, finanças, etc. Esta é uma excelente forma de manter a sua mente ativa, ao mesmo tempo que é uma maneira de fomentar o convívio e de conhecer pessoas novas.

Passe tempo com os netos

Se tem netos a viver por perto, aproveite para passar mais tempo com eles. Planeie passeios divertidos e instrutivos: de idas ao cinema e teatro a visitas a exposições, jardim zoológico, praia, parque infantil… Com as crianças não terá qualquer hipótese de se sentir entediado porque a juventude é contagiante. E as crianças, por seu turno, poderão aproveitar o tempo consigo para aprenderem algo novo e receberem mimos extra!

Cultive amizades

Esforce-se por manter o contato com os seus amigos criando uma rotina para encontros: um almoço semanal ou outro programa qualquer que lhe permita socializar um pouco. A par, lembre-se que nunca é tarde para fazer novos amigos e esteja aberto a novos contactos. Há lá melhor forma de ocupar o tempo na reforma do que com amigos?

Vigie a sua saúde

E agora que já não pode dizer “não tenho tempo” quando lhe perguntam se já fez um check-up médico, é hora de investir na sua saúde de forma a poder gozar de um envelhecimento ativo e positivo. Além de visitas regulares ao médico, invista numa alimentação saudável e faça algum exercício físico, passando diretamente à dica seguinte…

Pratique desporto

A prática regular de exercício físico é importante em qualquer idade, mas agora que está reformado não há mesmo motivo para não se manter ativo. O primeiro passo é escolher uma modalidade de que goste ou que queira experimentar: pode retomar a natação, iniciar-se no golfe, fazer ciclismo, inscrever-se num ginásio…

Jardinagem

Se tem um jardim, aproveite o tempo livre para se dedicar à jardinagem: ponha as mãos na terra, entre em contacto com a natureza, mude as plantas de lugar, semeie e cuide dos canteiros, por exemplo. A jardinagem é um hobby muito benéfico para a saúde física e mental. Entre outras vantagens, auxilia no combate ao stress e depressão porque é uma atividade altamente relaxante.

Faça voluntariado

Uma das formas mais recompensadoras de ocupar o tempo na reforma é fazer voluntariado. Não faltam por aí instituições que necessitam de voluntários. Basta escolher as causas com que mais se identifica e usar algum do seu tempo livre a ajudar os outros. Sinta-se útil no seio da sua comunidade e, ao mesmo tempo, faça a diferença na vida de alguém!

É importante que escolha atividades com que possa ocupar o tempo na reforma de modo a poder encetar um envelhecimento ativo e positivo e melhor gozar os seus anos dourados. Afinal, você merece!

Texto: Sofia Santos
Imagem: Unsplash

Artigos recentes