Segurança Social aloca €50 milhões a cantinas sociais

O Ministério da Segurança Social vai aumentar as verbas públicas destinadas a apoiar as instituições que fornecem refeições aos mais carenciados, revelou o Ministro da tutela, Pedro Mota Soares, hoje no Parlamento.

Os 2,7 milhões de euros atualmente entregues a instituições que prestam esta tipo de assistência vão crescer para os 50 milhões de euros, uma dotação que serve para “maximizar os equipamentos que já existem nas instituições sociais”, referiu o governante.

Assim, esta nova alocação permitirá a alargar a rede de cantinas sociais de 62 para 950, garantindo uma cobertura, com apoio do Estado, em todos os concelhos do país.