Loading...

Headhunter: quem é, o que faz e como o pode atrair!

Se está à procura de uma nova ocupação, têm um excelente background para ocupar determinada área específica e ainda não foi descoberto por um headhunter, leia este artigo e saiba como chamar a atenção deste caça-talentos e aproveitar ainda melhor o seu envelhecimento ativo e positivo.

O que é um headhunter?

Headhunter (em português, “caçador de cabeças”) é um nome que apesar de estranho e até assustador, tem uma razão de ser quando percebemos que é atribuído a um recrutador da área de Recursos Humanos que tem como objetivo descobrir os melhores profissionais do mercado para determinada área, ou seja, encontrar as melhores pessoas para uma vaga específica, incluindo as que estão atualmente num processo de envelhecimento ativo e positivo.

Como atua um headhunter?

Um headhunter atua como intermediário entre o cliente (empresa contratante) e o candidato ao emprego, tendo em conta que atualmente muitas empresas já recorrem a um headhunter quando precisam de contratar não um profissional, mas O profissional ideal para determinada função.

As suas responsabilidades passam por identificar no mercado os melhores candidatos, analisar criteriosamente os seus perfis e selecionar o mais qualificado, de acordo com o que a empresa solicitou. Contudo, o headhunter faz o seu trabalho de pesquisa por um candidato ideal a uma vaga, sem procurar propriamente entre os candidatos desempregados ou à procura de outro emprego, pois a sua missão é descobrir a pessoa ideal sem que esta se encontre numa procura ativa por trabalho. Daí que o headhunting seja mais usado para descobrir perfis difíceis de encontrar, seja devido à escassez de mercado, formação, competências ou habilidades.

Qual a diferença entre um headhunter e um recrutador da área de Recursos Humanos?

A diferença entre um recrutador da área de Recursos Humanos e um headhunter é que o primeiro tem formação específica em Recursos Humanos e o segundo tem conhecimentos técnicos e experiência numa área específica do mercado. E é precisamente por isso que o headhunter conhece a fundo as habilidades necessárias que as pessoas que querem ocupar determinado cargo, devem ter. Inclusive porque tem, regra geral, uma vasta rede de relacionamentos que o ajudam a identificar os melhores candidatos existentes no mercado, analisando criteriosamente o perfil desses profissionais e escolhendo o mais apto.

Como ser caçado por um headhunter?

Desde que tenha o talento e as competências certas, é fácil atrair a atenção de um headhunter. Por isso, se está entusiasmado com esta ideia e gostava de mudar de emprego ou mesmo ocupar uma nova posição, não precisa de aguardar que um headhunter ou qualquer outro recrutador da área de Recursos Humanos o descubra no meio de tantas pessoas que estão a viver um envelhecimento ativo e positivo. Pode adiantar-se, sim, e nós dizemos-lhe como!

  • Destaque-se!

Antes de mais, se quer ser encontrado por um headhunter deve fazer um excelente trabalho de modo a evidenciar-se na sua área e/ou mercado de atuação.

  • Contacte diretamente um headhunter

Em segundo lugar, se fizer uma pesquisa na Internet, nomeadamente na rede social LinkedIn, consegue encontrar os headhunters mais indicados para o seu caso e contactá-los por telefone ou email. Mas se preferir pode dirigir-se a uma agência de recrutamento especializada na sua área profissional e mostrar o seu interesse.

  • Otimize o seu perfil no LinkedIn

Se tem um perfil no LinkedIn, é hora de o rever, de o atualizar descrevendo as atividades e projetos realizados e de o otimizar com as palavras-chave certas, pois esta rede social é hoje em dia um meio muito eficaz para encontrar emprego e atrair a atenção de headhunters.

  • Participe em eventos

Faça networking como se não houvesse amanhã, ou seja, use a sua rede de contatos para partilhar informações entre indivíduos ou grupos com quem tem interesses em comum. Se necessário, reative velhos contactos e estabeleça novos! Em simultâneo, participe em feiras de emprego, conferências, seminários, debates, etc, porque é muito importante que procure estar presente, se possível como orador ou expositor, em todos os eventos onde possa intervir e mostrar os seus conhecimentos e competências numa determinada área.

E agora que sabe a quem chamar a atenção para o seu currículo, leia também os nossos artigos sobre empreendedores aos 45 e trabalhar depois dos 70 anos… e inspire-se para viver um envelhecimento ativo e positivo!

Texto: Sofia Santos

Imagem: Unsplash

Artigos recentes