Loading...

Os 10 melhores vinhos portugueses

Antes que chegue novo anúncio sobre aqueles que são considerados os melhores vinhos portugueses, conheça – e se poder prove – alguns dos vinhos nacionais que marcaram a última década. A escolha é da responsabilidade de Jancis Robinson, jornalista do Financial Times, “master of wine” no Reino Unido e também consultora para a adega da monarca Isabel II.

A revelação do Top 10 dos melhores vinhos portugueses ocorreu durante a conferência organizada pela Revista de Vinhos em outubro do ano passado e destacou o que de melhor se produz em Portugal, um país que se orgulha da qualidade e carácter único dos seus vinhos e que se tornou uma referência entre os principais países produtores.

Nesta lista de vinhos, há opções para todos os gostos e bolsos: do branco ao tinto, passando pelo vinho do Porto e da Madeira. Dos 15€ aos 600€ por garrafa! Fique com os premiados e atreva-se a experimentar (pelo menos) um deles neste seu processo de envelhecimento ativo. Afinal você merece!

Soalheiro Primeiras Vinhas 2016

Alvarinho branco de Melgaço

Soalheiro é produzido a partir de uvas colhidas manualmente em vinhas com mais de 40 anos de idade, espalhadas por um terreno protegido por um conjunto de montanhas que criam as condições ideais de chuva, temperatura e horas de sol necessárias para o melhor amadurecimento das uvas. Trata-se de um vinho elegante, com aromas citrinos e tropicais e persistente de sabor.

Preço médio: 15€

Quinta dos Roques 2007

Vinho branco da região do Dão

Quinta dos Roques é um vinho nobre e complexo produzido entre Mangualde e Nelas. Um clássico que entrou para a lista de melhores vinhos portugueses e pode ser alvo da sua atenção num processo de envelhecimento ativo que inclui (e por que não?) a degustação de bons vinhos.

Preço médio: 10€

Luís Pato Vinha Barrosa, 2005

Vinho tinto da região da Bairrada

Luís Pato Vinha Barrosa é produzido numa vinha com mais de 90 anos, da freguesia de Aguim, que está rodeada por uma área de pinheiros e eucaliptos que lhe conferem uma complexidade complementar àquela que já recebe devido à idade das vinhas. Vinificado em cubas de inox durante duas semanas com controlo de temperatura, este vinho permanece ainda durante um ano em pipos novos e usados de carvalho Allier e depois envelhece por 15 a 20 anos.

Preço médio: 25€

Barca Velha 1999

Vinho tinto da região do Douro

O Barca Velha é um vinho superior, símbolo inquestionável da mais alta qualidade dos vinhos do Douro. Um vinho clássico, intenso, complexo e elegante que deu uma reputação mundial à Casa Ferreirinha, onde cresceu.

Preço médio: 600€

Quinta do Crasto Vinha Maria Teresa 2005

Vinho tinto da região do Douro

Quinta do Crasto é produzido na vinha centenária Maria Teresa, cultivada a cotas extremamente baixas e com uma excelente exposição solar. Um vinho de gama premium que é apenas engarrafado em anos de excecional qualidade e sempre em quantidades muito limitadas.

Preço médio: 280€

Niepoort Batuta 2007

Vinho tinto da região do Douro

Niepoort Batuta é produzido a partir de uma vinha com mais de 70 anos, a vinha do Carril, e outras vinhas ainda mais velhas próximas da Quinta de Nápoles. O vinho, que apresenta uma cor intensa e carregada, com grande intensidade e complexidade, estagia em barricas de carvalho francês por um período de 20/22 meses. À mesa apresenta grande frescura e alguma austeridade, mercê da fruta preta discreta, mineralidade e estrutura com taninos de veludo.

Preço médio: 75€

Poeira 2011

Vinho tinto da região do Douro

Com assinatura de Jorge Moreira, este é um dos vinhos mais conceituados do Douro devido à sua consistência. O produto é a expressão máxima do que as vinhas mais jovens podem almejar construir e apresenta uma excelente relação qualidade/preço.

Preço médio: 33€

Espaço Rural Bojador Vinho da Talha 2015

Vinho tinto do Alentejo

Espaço Rural Bojador Vinho da Talha é um vinho alentejano produzido de forma orgânica, sendo que a vindima é toda manual e a vinificação tem a menor intervenção possível. Um vinho de cor intensa com aroma de frutos vermelhos, mineralidade, complexidade e frescura qb. Volumoso, elegante e estruturado, com final longo e prolongado.

Preço médio: 50€

Barbeito Ribeira Real Tinta Negra, lote 1, 20 anos

Vinho da Madeira

Barbeito Ribeira Real Tinta Negra é um Vinho da Madeira produzido nas vinhas do Ribeiro Real, distribuídas pela costa sul da ilha, a 200 metros de altitude, no vale do Estreito de Câmara de Lobos. O local goza de grande exposição solar, mas as suas encostas protegem o solo do vento. Além disso, a vinha ainda preserva os métodos tradicionais de produção e envelhecimento do Vinho da Madeira.

Preço médio: 180€

Graham´s Single Harvest Tawny Port 1972

Vinho do Porto

Graham´s Single Harvest Tawny Port, com assinatura da família Symington, é um vinho sobejamente premiado, produzido nas melhores propriedades do vale do Douro: a Quinta dos Malvedos e a Quinta do Tua, responsáveis por vinhos de excecional qualidade, com grande estrutura, riqueza e complexidade.

Preço médio: 230€

E agora que já anotou os nomes dos melhores vinhos portugueses, por que não aproveita para provar um deles? Afinal um copo de vinho nunca fez mal a ninguém, tão pouco a quem está a viver um envelhecimento ativo.

Texto: Sofia Santos

Imagem: Unsplash

Artigos recentes