Loading...

Passatempos para exercitar a memória

Com o passar dos anos, sofre diversas mudanças exteriores e interiores e uma das alterações que pode comprometer a sua qualidade de vida, prende-se com a memória… ou a falta dela. Por isso, se quer aprender a envelhecer de forma ativa e positiva, deve exercitar a memória.

Sabia que logo pelos 40 anos a capacidade de armazenar informações tende a decrescer significativamente? Muito devido ao envelhecimento, sim, mas também a fatores sociais, ambientais e biológicos. Que fazer? Continuar a obrigar a mente a trabalhar, da mesma forma que instiga o corpo a executar exercícios físicos para fortalecer os músculos e manter a forma.

Por que é que deve exercitar a memória?

Um dos principais motivos para exercitar a memória está relacionado com a prevenção, para que futuramente não se torne um problema irreversível. Na verdade, o problema do esquecimento prende-se com a dificuldade de armazenar e encontrar as informações que estão perdidas e ao estimular a sua memória, consegue potenciar essa capacidade, pelo que esta prática deve ser levada a cabo inclusive quando não foi sequer identificada qualquer deficiência cognitiva.

Quais os melhores passatempos para exercitar a memória?

  • Leitura

A leitura é um ótimo exercício para o cérebro e excelente para quem deseja aprender a envelhecer de forma ativa e positiva. Por isso leia livros, jornais e revistas, começando com textos pequenos e simples e passando a pouco e pouco para leituras mais complexas, como em qualquer outro tipo de treino.

  • Jogos e passatempos
  • Palavras-cruzadas. Não é por acaso que as palavras-cruzadas são um passatempo que não passa de moda. Além de desafiadora, é uma atividade fácil de encaixar na sua rotina diária e ajuda a exercitar a memória.
  • Sudoku. Este jogo divertido e viciante vai incitá-lo a completar um quadro, preenchendo os espaços vazios com números de 1 a 9, sem os repetir na mesma coluna, linha ou bloco.
  • Livros de colorir. Se pretende exercitar a memória e ao mesmo tempo relaxar e reduzir a ansiedade, pegue em canetas ou lápis de cor e comece a pintar. Não se esqueça que estes livros já não são só uma coisa de crianças, encontra em qualquer livraria e até supermercado livros de colorir para adultos.
  • Xadrez. Este jogo de estratégia é dos melhores passatempos que existem para exercitar a memória. Ideal para quem está agora a começar a aprender a envelhecer de forma ativa e positiva.
  • Cubo Mágico. Sente vontade de exercitar a memória com passatempos de maior dificuldade? Então tente resolver um cubo mágico! Vai usar as coordenações motoras finas e grossas e fazer sequências de operação e identificação.
  • Utilização de apps específicas 

Se é adepto das novas tecnologias, ponha o seu smartphone a jeito e descarregue aplicações para exercitar a memória através de jogos cognitivos e de lógica. Existem bastantes apps gratuitas para iOS e Android, como a Lumosity, Fit Btrains, Elevate, Peak e Mind Games, entre outras.

E por fim uma sugestão de leitura! O livro “Train Your Brain” de Ryuta Kamashima faz parte do leque de materiais aconselháveis a quem está a aprender a envelhecer de forma ativa e positiva. A obra começa por lhe oferecer uma avaliação inicial do estado do seu cérebro e depois um leque de exercícios para 60 dias, com caderno de avaliação semanal para registar os progressos!

Texto: Sofia Santos
Imagem: Unsplash | Alvaro-Reyes

Artigos recentes