Loading...

5 monumentos a visitar no sul de Portugal

De Évora a Sagres, passando por Mértola e Beja, há (pelo menos) 5 monumentos no sul de Portugal que tem mesmo de visitar!

 

Veja aqui os 5 monumentos a sul de Portugal que não deve mesmo perder ou que deve revisitar:

  1. Templo Romano de Évora

Em Évora existe um Templo Romano considerado dos mais grandiosos e bem preservados de toda a Península Ibérica, Património Mundial pela UNESCO em 1986. O monumento construído no início do século I d.C., também é conhecido como Templo de Diana, embora em abono da verdade se tenha de referir que foi erigido para prestar homenagem ao Imperador Augusto.

O templo que faz parte desta pequena lista de monumentos a visitar no sul de Portugal, apesar de ter sofrido várias destruições e alterações na sua utilização (de fórum romano a matadouro, por exemplo), mantém a sua planta original: forma retangular com base ou pódio feito de blocos de granito com cerca de três metros e meio de altura. Visite-o e veja por si mesmo as 14 colunas coríntias originais, muitas com os capitéis conservados!

 

  1. Capela dos Ossos

Continuamos por Évora, mas agora em direção à famosa Capela dos Ossos, situada na Igreja de São Francisco e construída no século XVII. O seu nome revela a intenção da sua construção: provocar a reflexão sobre a morte e o consequente compromisso de uma vivência cristã. Como? Usando, tanto nas paredes como nos pilares, milhares de ossos e crânios humanos, provenientes de espaços de enterramento ligados ao convento.

À entrada a frase “Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos” é capaz de o deixar arrepiado…

Horário: 9.00h às 18.30h/17.00h (verão/inverno)

 

  1. Castelo de Mértola

O Castelo de Mértola foi construído no final do século XIII/início do século XIV, altura em que foi dada Carta de Foral à povoação e é outro dos monumentos a visitar no sul de Portugal.

Esta fortaleza conta hoje com uma muralha, a Torre de Menagem com cerca de 30 metros de altura (área de exposição dos achados arqueológicos da época romana, visigótica, islâmica e portuguesa até ao século XVIII), duas outras torres e uma cisterna coberta por uma abóbada em berço.

Nas várias obras de recuperação de que foi alvo, o castelo deixou a descoberto estruturas habitacionais da época islâmica. As suas ruínas já mereceram o título de Monumento Nacional.

Horário: das 9.00 às 17.00h.

 

  1. Castelo de Beja

E por falar em castelos, conhece o de Beja? Localiza-se no extremo norte da cidade e acredita-se que tenha sido erguido sobre um primitivo castrum romano. Este monumento medieval está disposto em planta pentagonal, flanqueado por seis torres, incluindo a de Menagem com cerca de 40 metros de altura (a mais alta do país) e composta por três salas: a primeira, ao nível térreo, possui uma abóbada ogival e decoração de inspiração muçulmana; a segunda tem uma cobertura octogonal e é considerada a mais bonita a nível arquitetónico e de esculturas e a terceira, a mais simples, destaca decorações figurativas antropo-zoomórficas.

Horário: 9.30h às 12.30h e das 14.00h às 18.00h.

 

  1. Fortaleza de Sagres

O promontório de Sagres foi o local escolhido no século XV para a construção de uma fortaleza capaz de controlar a navegação marítima entre Atlântico e Mediterrâneo. Já não é possível ver a sua configuração primitiva com muralha henriquina em “dente-de-serra” porque a estrutura ficou em ruínas após o terramoto de 1755, mas ainda assim vale a pena visitar este monumento e ver o conjunto edificado existente no interior da Praça de Armas… e perceber por que é que foi eleito Património Europeu pela Comissão Europeia e por que é que faz parte da pequena lista de monumentos a visitar no sul de Portugal.

Horário: 9.30h às 20.00h/17.30h (verão/inverno)

 

Não perca o nosso artigo acerca dos monumentos a norte de Portugal e o artigo sobre os monumentos no centro de Portugal

Texto: Sofia Santos  Imagem: Paulo Margalho

Artigos recentes