Loading...

Programa INATEL 55+

Consciente que a população portuguesa está envelhecida, mas muito ativa, a INATEL tem desenvolvido em colaboração com os Ministérios do Trabalho e Economia, um programa de inclusão social muito divertido e inovador. O INATEL 55+, como o nome indica, é para maiores de 55 anos e inclui muitas atividades, incluindo viagens de média duração de setembro a maio, com transporte, alojamento e refeições incluídas num pacote cujo preço é… deveras apetecível!

Em que consiste o Programa INATEL 55+? 

O Programa INATEL 55+ disponibiliza a pessoas com mais de 55 anos de idade programas de alojamento e atividades de lazer diversificadas como formações nos domínios da cidadania, da alimentação saudável e da prevenção da saúde, tendo em vista a integração sociocultural dos beneficiários do programa, numa lógica de igualdade de oportunidades e promoção de lazer para todos, bem como o desenvolvimento económico e social dos territórios abrangidos. Uma ideia que encaixa que nem uma luva no projeto de vida de todos quantos estão decididos a viver um envelhecimento ativo.

Quais os principais objetivos do Programa INATEL 55+? 

  • Promoção do lazer.
  • Promoção do envelhecimento ativo.
  • Combate ao isolamento.
  • Combate à exclusão social.

Quem criou o Programa INATEL 55+? 

O programa foi lançado pelos Ministérios do Trabalho e Economia, em parceria com a fundação INATEL e o Turismo de Portugal. Ressalve-se que o Governo português, com o objetivo de combater a exclusão social, atribuiu oito milhões de euros a este programa de turismo sénior que tem também em vista o envelhecimento ativo da população.

Quem pode usufruir do Programa INATEL 55+? 

Pessoas com 55 anos ou mais, residentes em Portugal, que tenham baixos rendimentos e complementarmente, que estejam numa destas situações: integradas em famílias monoparentais, em situação de isolamento ou exclusão social ou sejam portadoras de deficiência, possuidoras de grau de autonomia.

 

Prefere viajar para fora do país? Então aconselhamos a leitura do nosso artigo “5 Capitais europeias para visitar no outono”.

Como é que se pode fazer uma candidatura? 

As candidaturas podem ser feitas nas unidades da INATEL. Em julho decorreram as candidaturas do 1º ao 4º escalão e neste momento decorrem as candidaturas livres. Para mais informações, basta contactar a Fundação INATEL através dos telefones 210 072 329 e 210 072 330 ou do email, 55+@inatel.pt.

De salientar que no momento da inscrição, todos os candidatos devem apresentar o bilhete de identidade/número de contribuinte ou cartão de cidadão e nota de liquidação do IRS, sendo que em casos particulares os interessados deverão ainda mostrar outras declarações.

Viajar é uma das formas de ocupar o tempo na reforma. Conheça outras, clicando aqui!

Qual o valor a pagar? 

O valor a pagar vai depender diretamente do rendimento bruto dos beneficiários: de 0€ a 469€ por participante (correspondente ao escalão máximo) e de acordo com a seguinte tabela:

 

Rendimento mensal Valor a pagar
ESCALÃO 1
Até 1 IAS – 428,90€ (inclusive)
0 €
ESCALÃO 2
A partir de 1 IAS (428,90€) até 2 IAS (857,80€) (inclusive)
115 €
ESCALÃO 3
A partir de 2 IAS (857,80€) até 2,5 IAS (1072,25€) (inclusive)
184 €
ESCALÃO 4
A partir de 2,5 IAS (1072,25€)
459 €

 

Simulador de reforma! Quer saber qual vai ser a sua?

Para novembro a INATEL tem já programados uma série de passeios com estadia incluída por Braga, Guimarães, Famalicão, Porto, Figueira da Foz, Viseu, Covilhã, Amares, Aveiro, Lourinhã, Lisboa, Évora, Beja, Elvas, Portalegre, Castelo de Vide, Sines e Albufeira, entre outros destinos

Se tem mais de 55 anos, não perca esta oportunidade de viajar durante o seu envelhecimento ativo, conviver e enriquecer a sua cultura geral.

 

E por fim… sabe como organizar uma mala de viagem? Se precisa de dicas, clique aqui!

 

Texto: Sofia Santos

Imagem: Unsplash

Artigos recentes